sábado, 22 de dezembro de 2012

Anjinhos para árvore de Natal - reciclando




Viram que gracinha de coral!! Tenho estes anjinhos há uns 4 anos, no mínimo. Estão como se tivesse feito hoje. Até o borrãozinho da maquiagem de um deles, foi feita pela imperícia da artesã no dia da confecção.
Aqui em casa eles ficam ao pé da árvore. Mas são muito leves. Dá pra pendurar no galho.
Feito com frascos do YAKULT.

sábado, 24 de novembro de 2012

Square:nova carreira, nova cor.

Adoro os vídeos da http://www.garnstudio.com.
Neste, mostram  uma maneira de começar uma nova volta (ou carreira) em um square, quando começamos com um ponto alto. Desse modo, você terá a ponta do fio na parte superior e ,na próxima volta, pode crochetar já escondendo o fio .  Mesmo que você mude de cor em cada volta, haverá um mínimo de pontas para esconder no final.



Fazer um nó corrediço com nova cor, fazer uma laçada, passar por um ponto da volta anterior , puxar o fio , fazer uma laçada e passar por de 2 pts, fazer ainda mais uma laçada e puxar pelos últimos dois pontos.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

sábado, 13 de outubro de 2012

Sapatinho em crochê

Com palmilha e solinha para bebê que já caminha. 1,5 anos nº 19.

Foram várias tentativas, e tamanhos errados, e sapato que saia do pé, e quase desisti. Mas como eu tinha bastante material e podia esbanjar, insisti. Resultado: bonitinho.
 
É pra usar em casa. Não fica apertando o pezinho e não fica só de meia. O pé do baby é gordinho.

Não comecei nem na ponta do pé, nem no calcanhar. Iniciei na lateral, logo antes do calcanhar.
50 pontos no caseado da palmilha. Crochetando no sentido de dentro pra fora da palmilha.
50 pb (ponto baixo) pegando por trás do caseado.
Vira e, a partir de agora, trabalha só por fora do sapatinho, em mpa (meio ponto alto).

  • 33 mpa, 2 mpa juntos (pra mim, neste ponto, era o meio da frente do pé), continua mpa sobre pb até o fim da carreira.
  • 32 mpa, 2 mpa juntos, continua mpa sobre mpa até o fim da carr.
  • 30 mpa,*2mpa juntos, 1 mpa* 3 vezes, continua mpa sobre mpa até o fim da carr.
  • 10 mpa, 2 mpa juntos (pra mim, aqui, era o meio do calcanhar), 7 mpa, 6 pontos baixos  (aqui é aquele espaço entre o peito do pé e a alcinha que prende o sapato), 3 mpa, 5 mpa juntos, 3 mpa - agora vira.
  • 1 pb, agora vai fechar tudo junto: *2pa, 3 ponto alto triplos, 2 pa*, 1 pb.
  • Na outra lateral, agora, 10 pbx (ponto baixíssimo, 1 pb, 3 mpa, 2 mpa juntos (meio do calcanhar), 3 mpa, 3 pb,1 pbxmo, 18 correntes (formando a alça), volta 1 pb na 8ª corr, a contar da agulha, *2 corr, pula 2 corr, 1 pb* até o fim da alça e arremata com um ponto baixíssimo.
  • Põe botãozinho.
  • Materiais: fio Bella duplo e ag. 2 mm.
Não foi fácil. Mas foi assim que fiz. Fui anotando porque o outro pé precisava ser exatamente igual (lógico).
A marca vermelha é pra contar que fiz carreiras contínuas (sem finalizar cada uma com pbxmo). Aí fica aquele degrau que, pra mim, como é início do calcanhar, não interferiu no modelo.
Aqui, um dos sapatinhos "tentativas" e que ficou muito alto. Acho que ela vai usar mais tarde.
 Este foi feito sem fio duplo.
Modelo lindo.


Aqui o PAP do face que me serviu de exemplo. (Sem assinatura) e que vou dar créditos e links assim que localizar de novo (perdi como sempre).












sábado, 22 de setembro de 2012

Aula para fazer cabide de garrafas pet



Vou fazer um logo que tiver as garrafinhas. Ideia genial, útil e fácil.
A vantagem é, sem dúvida, não marcar a roupa. Mas, naquela boca que forma o gancho, cabe um sachê.

Trabalhos em andamento

Meu trabalhos em andamento. Não venci os prazos e agora é sem pressa. Vou fazendo ...

Tricô com miçangas na montagem dos pontos. Vestido infantil com pala em folhas, também com inserção de perolas. Aplicando o que aprendi com o TJ Haruni e TJ Lilae Shawl.
Detalhe do ponto que fui inventando durante a confecção (baseando-me no Haruni e Lilae).
Como guardo meus trabalhos incompletos. Plastico transparente e com zíper. Fácil localizar e bem protegido.
 
Bolero infantil. Praticando carr. encurtadas e acabamento em I-cord.
 
 Os pontos para fazer as partes da frente foram levantados logo abaixo da cava, na parte de trás e subi até o ombro fazendo carr. encurtada para fazer a "curva" e aumentos e, depois, diminuições de novo até chegar a mesma quantia de pontos do ombro (15p). Aí, costurei o grafting (costura invisível).
 Outro xale Lilae. O primeiro é meu, este segundo é pra mamãe.

 Blusa top-down do TJ aniversário Aslan. Estou atrasada. o TJ já terminou faz tempo.
O trabalho já tá mais adiantado que esse momento da foto.


sábado, 8 de setembro de 2012

Vestido Náti

Muito simples. Todo feito em p.a e acabamento das cavas e decote com ponto caranguejo. Carreiras de ida e volta, com ponto leque, entremeado de p.a. relevo formam a saia.

Poucos aumentos na saia. Suficiente para garantir um bom rodado.


O p.a. relevo deu um efeito plissado que eu gostei muito.
Comecei pela parte inferior do corpo.
Depois completei as alcinhas com mesmos leques da saia.

Com abotoamento nas costas.
Enfeitinho por conta de três corações com laços de renda e aplicação de pérola.

Materiais

1 cone fio Brisa
cor Chiclete 1301
agulha clover 3,5mm
7 botões de plástico
3 pérolas
um pouco de renda
fios coloridos para os corações

domingo, 26 de agosto de 2012

Xale em crochê, super fácil

Este foi o primeiro que fiz pra mamãe. Foi com o fio Acalanto, preto. Acho que é o que ela mais gosta.
Tem gráfico. Mas é super simples. Feito quase todo só com correntinhas.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Trabalho em círculo com agulhas de duas pontas

Mania de começar  muitas peças ao mesmo tempo, faltou agulha circular.
Tive que apelar para o jogo de duas pontas.
Colocar a página do manual para quem estiver interessado em trabalhar com essas agulhas. É fácil. Só começar. Dica para a escolha das agulhas:

  • iniciantes devem usar as agulhas de madeira. Os pontos não deslizam com facilidade. As de plásticos deslizam um pouco mais e as de metal (ui!) escapam com muita facilidade.Eu tenho um jogo de alumínio que adoro, mas já pratico faz algum tempo.
No meu trabalho, a posição das agulhas está diferente porque eu liberei um espaço pra fotografar o motivo.

sábado, 4 de agosto de 2012

PAP(o) Sapatinho em tricô, para bebê.

Sempre repito: "-O mais fácil do mundo!" Olhando parece difícil. Já postei aqui no blog, um rosa e branco. Desta vez é de menino.
O pompom é aquele feito com a técnica do garfo. PAP aqui.
Segue o PAP (4fig.).
Ah! Em tempo: sempre passo, entre os pontos, pelo avesso uma linha dupla de lastex. Sem apertar só pra manter a forma do sapatinho.

Mais dois. Já tem PAP deste aqui. Aqui é sapatilha. Só tem 4 carr. no cano.

Que lindo! (Eu nunca canso de dizer isso também).
Materiais
Agulha reta, uma ponta, nº 2
Lã Cisne, Super Bebê.
2 botões de carrinho.
2 flores de fita
Um pouco de fita cetim, azul.
Um tiquinho de lastex

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Meias em tricô

Não preciso mais fazer as meias tubulares (foi ótimo enquanto durou) porque aprendi a fazer o calcanhar perfeito. Aprendi nas 6 aulas da Staci do www.verypink.com.
Não comprei a receita, só segui as aulas que estão em inglês.
Como eram as primeiras meias, fiz exatamente com a mesma quantia de pontos. Ficou folgada. Bom para uma meia de casa e de dormir.
Agora uso as 4 agulhas do jogo de 2 pontas.
Pés da mamãe.




40 pontos.
Fio Paixão da círculo (com elastano), cor 4114 (areia...ou café com leite...).

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Casaquinho para bebê, em crochê

Super fofo. Já tem post do casaquinho aqui e pap do ponto aqui.
Lembrando que só fica esta "partezinha" de baixo do braço pra costurar.
Fiz o passa fitas diretamente na palinha e o arremate ao redor do casaquinho foi: 3 corr., 1 pbx...

Agora é só torcer para o Ycaro caber num deles. O amarelo é bem RN mesmo e o verdinho varia de 0 a 3 meses.

domingo, 8 de julho de 2012

Primeiro trabalho de sobrinha

De repente pode ser o único.  Então, melhor registrar.
Ela tinha 9 anos (agora 12) e queria relembrar o crochê porque, antes (se-lá-eu-quando) já tinha dado uns pontinhos baixos.
Aí, ensinei o ponto alto. Foi fazendo a tirinha - não sei quanto tempo passou. Entorta um pouco nos primeiros tecidos,né?...E elas desesperam! (Ooops! Piram).
Fui incentivando e dei a ideia de formarmos uma bolsinha. As crianças de hoje querem ver o resultado, uma peça qualquer.

Foi tecida em barbante - achei que era o mais certo ( fio seria muito fino e a lã os iniciantes enfiam a agulha pelo meio dos fios).

Fechamos tipo envelope. A alça ela fez com lã até o comprimento que achou que ficava bom, colocamos franja com a mesma lã e ela pendurou todos os enfeites que queria. Ficou fashion.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...